Sede de Infinito

Infinito é o que se encontra para além de tudo, do conhecimento, da imaginação, do alcance da mão. Ter sede do que se encontra para lá da linha do horizonte é a imensa vontade de alcançar o que não vemos, o que não possuímos, o que não conhecemos, é por fim, uma forma de perseguir o saber e o conhecimento, se assim o desejarmos, conduzir o sonho através do tempo.

21 agosto, 2007

POESIA AO AMANHECER


Bom dia, meus Amigos

Estava eu ontem à noite num intervalo do estudo do Contrato a lutar contra o sono e olhando à volta, pensando que os meus tectos estão cheios de humidade e a carecerem de uma pintura no Verão e a pensar noutras incomodidades da minha casa, quando dei conta que apesar de tudo ainda tenho um mundo muito grande ao poder regressar àquele local todos os dias, poder abrir a porta e sentir um mínimo de conforto, pese embora continuar a faltar-me demasiadas coisas. Contudo, pensando nas centenas de milhões de seres humanos com os mesmos direitos que os meus, que não têm, nem chegarão a possuir esse mesmo conforto, dei conta que a caminhada do Homem à procura da felicidade ainda é demasiado longa e por muito que lutemos, muita coisa ainda vamos deixar por fazer. Não desanimemos, entretanto.

"Eu te nomeei rainha
Existem mais altas do que tu, mais altas.
Mais puras do que tu, mais puras.
Mais belas do que tu, mais belas.

Mas tu és a rainha.

Quando vais pelas ruas
ninguém te reconhece.
Ninguém vê a coroa de cristal, ninguém vê
o tapete de ouro vermelho
que pisas por onde passas,
o tapete que não existe.

E apenas apareces
cantam todos os rios
em meu corpo, as campanas
estremecem o céu,
e um hino enche o mundo.

Somente tu e eu,
somente tu e eu, amor meu,
o escutamos.

PABLO NERUDA, "Os Versos do Capitão", in "Presentes de um Poeta"

"As pessoas grandes nunca percebem nada sozinhas e uma criança acaba por se cansar de ter que estar sempre a explicar-lhes tudo."

ANTOINE SAINT-EXUPÉRY, in "O Principezinho"

"A possibilidade de uma derrota dos EUA, com consequências potencialmente devastadoras para o sistema de dominação imperialista, começam a ser tema de comentários preocupados na comunicação social do sistema"

JORGE CADIMA, Professor

PS - Saint-Exupéry desapareceu sobre o mar no sul da França em Julho de 1944 quando efectuava uma patrulha de reconhecimento preparando a invasão aliada de Agosto. O seu corpo nunca chegou a ser encontrado. Ontem, foram encontradas partes do seu avião de caça.

Porto, 07 de Abril de 2004

2 Comments:

Blogger CarpeDiemBeHappy said...

Olá!! Ora aqui estão "os versos do capitão"....
E para não faltar a referência ao Principezinho.
Ambos fazem parte da poesia da minha vida!

Até amanhã!
Bj
RN

4:06 da tarde  
Blogger Lurdes said...

Ora, ora... essa é uma das minhas frases preferidas no Principezinho!

Boa caminhada e divirtam-se muito, por vocês e por mim!!!

Beijinhos

5:14 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Free Web Counter
Site Counter