Sede de Infinito

Infinito é o que se encontra para além de tudo, do conhecimento, da imaginação, do alcance da mão. Ter sede do que se encontra para lá da linha do horizonte é a imensa vontade de alcançar o que não vemos, o que não possuímos, o que não conhecemos, é por fim, uma forma de perseguir o saber e o conhecimento, se assim o desejarmos, conduzir o sonho através do tempo.

13 novembro, 2006

POEMAS


Noite,
noite escura
de chuva e de sombras
e eu estou longe
ou és tu que não estás aqui?
Sinto-te em redor de mim
danças na minha memória
sobrevoas o quarto
e vejo-te pequena
franzina e doce
e uma carícia de saudade
traz-me esse olhar
que me ilumina a estrada
e enche de luz
a galáxia dos meus sonhos

Lisboa, 19 de Outubro de 2006

1 Comments:

Blogger Lurdes said...

Huum... este é bem recente...
Parabéns! É lindo!
Beijinhos

3:30 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Free Web Counter
Site Counter